O futebol está de luto. Faleceu nesta sexta-feira Raymond Kopa, um dos maiores jogadores da França de todos os tempos e o primeiro do país a conquistar a cobiçada Bola de Ouro. O ex-atacante do Reims e do Real Madrid tinha 85 anos e em janeiro participou de uma homenagem a Cristiano Ronaldo, juntamente com outras feras merengues que conquistaram o troféu.

Kopa iniciou a carreira no Angers, mas foi no Reims que acabou revelado para o mundo. Convocado pela primeira vez para a seleção francesa em 1952, o avante disputou a Copa de 58 já como jogador do Real, caindo para o Brasil na semifinal em um ataque que contava também com Roger Piantoni e o grande Just Fontaine, goleador daquele Mundial com 13 gols (até hoje recorde da competição).

Após cinco temporada defendendo o Reims, Kopa foi para o futebol espanhol, onde atingiu fama internacional. Com a camisa merengue,atuou ao lados de outras lendas do futebol internacional, alinhando na ponta direita de uma histórica linha ofensiva com Alfredo di Stefano, Héctor Rial e Francisco Gento, responsável pelo tri da Liga dos Campeões (1956/57, 1957/58 e 1958/59).

Ídolo no Santiago Bernabéu, Raymond Kopa retornou ao Reims em 1959, encerrando a carreira no clube francês oito anos depois. Pela seleção, foram 45 partidas e 18 gols, conquistando o terceiro lugar no Mundial da Suécia, em 1958.

Fonte: Diário7 com informações de globoesporte.