A jovem Daniela Amorim Fernandes Brito, de aproximadamente 26 anos, morreu atropelada por uma viatura da Polícia Militar (PM), na madrugada desta segunda-feira (13) na Avenida Amazonas, Bairro Cuniã, Zona Leste de Porto Velho.

Daniela estava com Huxley Honório de Oliveira, de aproximadamente 26 anos, quando foi atropelada. Os policiais contam que estavam em patrulhamento de rotina pela Avenida José Amador dos Reis, no Bairro Tancredo Neves, quando avistaram o casal na moto Honda Twister. Os dois ficaram nervosos com a aproximação da viatura, o que chamou a atenção dos policiais que resolveram fazer a abordagem, mas o piloto acelerou e fugiu em alta velocidade. A guarnição iniciou o acompanhamento e o motociclista praticava direção perigosa por várias ruas da região.

Na Avenida Mamoré, ele avançou todos os sinais vermelhos e seguiu na contramão da Avenida Amazonas sentido centro. Por várias vezes o motociclista desviou dos carros que seguiam em sua direção, mas ao tentar fazer a conversão para retornar ao fluxo normal, ele teria usado o freio bruscamente e bateu frontalmente contra a viatura da PM.

Daniela foi parar debaixo da viatura e Huxley ficou com várias lesões pelo corpo. Em depoimento á polícia, o homem disse que Daniela teria pegado a moto emprestada de um amigo para que eles pudessem fazer furtos e roubos e que na fuga eles se desfizeram de um alicate de corte grande. O alvo era uma galeria na José Amador dos Reis.

 

Durante pesquisa nominal foi constatado um mandado de prisão contra Huxley. Uma equipe do Samu esteve no local e constatou o óbito da jovem. A perícia fez os trabalhos de praxe e o corpo removido para o IML.

 

Fonte: Diário7 com informações de Rondoniagora