Criança é estuprada após marcar encontro com homem pela redes sociais

Foi preso no início da tarde desta sexta-feira (13), o jovem suspeito de estuprar uma menina de apenas 13 anos em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. O crime aconteceu na casa de Élio Sérgio José da Silva, de 21 anos. A vítima marcou um encontro na casa do criminoso depois de conhecer ele pelo Facebook e passar meses trocando mensagens.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Tito Barrichello, os dois ficaram algumas horas conversando em frente ao imóvel, que fica no bairro Jardim Alterosa. Em seguida, Silva convidou a jovem para entrar e, dentro da casa, a menina foi violentada. O exame de corpo de delito comprovou o estupro e concluiu que a vítima era virgem. O suspeito ainda obrigou a menor a passar a noite no local e ela foi liberada somente nesta manhã. Acompanhada dos pais, a adolescente prestou queixa na delegacia.

Depois de receber os resultados do exame, o delegado foi até a casa de Silva, que foi preso em flagrante. Ele confirmou ter tido relações sexuais com a adolescente, mas alegou que o ato consensual, fato descartado pela perícia feita na vítima. Segundo Barrichello, a idade da menor caracteriza o crime de estupro, mesmo que ela tivesse concordado com a relação.

— Ela teve a infeliz ideia de conhecê-lo pessoalmente. Hoje em dia, as crianças e adolescentes usam o facebook e não pode haver essa confiança extrema, criar uma amizade utópica e irreal. É importante alertar sobre isso.

O rapaz está detido temporariamente na 3ª delegacia de polícia de Betim e será encaminhado para o Ceresp. Já a vítima foi levada para o hospital para tomar coquetéis anti-aids e contraceptivos.