Foto: Internet

O secretário municipal de Transporte e Trânsito de Porto Velho, Carlos Henrique da Costa, informou na noite desta quinta-feira, por meio de nota, que vai instaurar, imediatamente, procedimento administrativo para apurar as agressões verbais e física, pelo agente de trânsito Elcione José Sales, contra o advogado Breno Mendes (foto) e uma família da capital ,dentro da Central de Flagrantes.

A confusão ocorreu após o agente de trânsito apreender o veículo de um cidadão, que, revoltado destruiu o carro. O advogado foi chamado e acabou agredido com uma cabeçada na boca.

Breno Mendes, que estava na Central na condição de advogado, levou uma cabeçada do agente e ficou com um ferimento nos lábios.

Elcione, segundo a nota da Secretaria, estava fora das escalas de serviço de fiscalização de trânsito há mais de 30 dias. Ele  responde a processo administrativo por atos cometidos anteriores ao ano de 2017.

“Ressaltamos que o Agente Municipal de Trânsito – Sr. Elcione José Sales-  não estava nas escalas de serviços de fiscalização de trânsito, logo não poderia estar atuando nas ruas nesta condição”, diz a nota.

Não é a primeira vez que o funcionário público municipal se envolve em incidentes, como ressalta a nota da Prefeitura. Por isso, ele já responde a outro processo administrativo disciplinar e não poderia estar atuando.

NOTA PÚBLICA DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO

Com relação ao lamentável episódio de abusos, acusações, agressões físicas e verbais envolvendo um servidor público do Município de Porto Velho, bem como uma família e um advogado portovelhenses, a Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes vem a público através do Secretário Carlos Henrique da Costa para informar à todos que o Agente Municipal de Trânsito – Sr. Elcione José Sales estava fora das escalas de serviço de fiscalização de trânsito há mais de 30 (trinta) dias e que o mesmo responde a processo administrativo por atos cometidos anteriores ao ano de 2017 e que os atos cometidos no ano de 2017 foram reportados à Procuradoria Geral do Município, que é a responsável pela sindicância dos servidores públicos municipais.

Ressaltamos que o Agente Municipal de Trânsito – Sr. Elcione José Sales não estava nas escalas de serviços de fiscalização de trânsito, logo não poderia estar atuando nas ruas nesta condição, pois a secretaria buscou agir com cautela garantindo os trâmites legais.

Reiteramos o compromisso com a lei e a ordem e ressaltamos que iremos instaurar imediatamente o procedimento administrativo apuratório em decorrência atos públicos na data de hoje relacionados ao Agente Municipal de Trânsito – Elcione José Sales.

Fonte: Tudo Rondônia