Notícias

Em meio à frente fria, ciclone extratropical deve atingir oeste gaúcho


O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê que um ciclone extratropical deve atingir o oeste do Rio Grande do Sul (RS) a partir da madrugada desta segunda-feira (4). O mais provável é que o fenômeno ocorra nas proximidades da cidade de São Borja.

Segundo o Inmet, “o ciclone deve se deslocar rapidamente em direção ao sudeste do Rio Grande do Sul e, por volta das 9h, já estará no Oceano Atlântico”. Depois, o fenômeno se deslocará para o alto-mar.

A Região Sul do Brasil enfrenta a chegada de uma frente fria que trouxe, neste final de semana, a possibilidade de tempestades localizadas e de queda de granizo em áreas isoladas que vão do estado gaúcho até o sul de Mato Grosso do Sul, passando por Santa Catarina e pelo Paraná.

A frente fria pode causar ainda neste domingo (3) volumes significativos de chuva entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, em torno dos 100 milímetros (mm). Na segunda-feira, além do ciclone extratropical, a previsão é de novos volumes de chuvas em torno dos 100 mm no estado gaúcho, principalmente no leste.

A frente fria indica ainda a possibilidade de fortes ventos que podem afetar até São Paulo. “A previsão também indica fortes rajadas de vento, podendo atingir aproximadamente 100 km/h em áreas isoladas dos três estados da Região Sul e de Mato Grosso do Sul. Os ventos também podem afetar o oeste, centro e sul de São Paulo do início e até o fim da tarde”, concluiu o instituto.

Por Agência Brasil

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo