Notícias

Embratur tem nova plataforma digital para divulgação de dados do setor


O Ministério do Turismo e a Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur) prometem agilizar a divulgação de informações sobre a entrada de turistas internacionais no Brasil.

Uma nova plataforma, disponível na internet a partir desta quinta-feira (14), permitirá aos interessados acompanhar o número de estrangeiros e brasileiros residentes no exterior que ingressaram em território brasileiro, bem como o quanto de dinheiro eles deixaram no país. Um terceiro painel contém a previsão de voos internacionais para os próximos meses, com o detalhamento dos locais de origem e destino.

Segundo a gerente de Informação e Inteligência de Dados da Embratur, Mariana Aldrigui, os resultados continuarão sendo atualizados mensalmente, conforme já ocorre desde o ano passado, mas gestores públicos, agentes do setor, jornalistas e outros interessados não precisarão mais demandá-los à Embratur, podendo acessá-los diretamente.

“Ainda não temos uma produção de dados de turismo em tempo real, pois a Polícia Federal, que é responsável por checar se quem anunciou que entrou no país como turista, de fato entrou, produz relatórios mensais. Daí termos dados parcialmente estáticos, atualizados mensalmente, com um delay [atraso] de 15 a 20 dias”, explicou Mariana. Ela informou que a Embratur estuda acrescentar, em breve, novas funcionalidades à plataforma, como detalhes sobre a motivação e a duração das viagens internacionais ao Brasil.

As informações atualmente disponíveis no Painel de Dados do Turismo são fornecidas pela Receita Federal e pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). E, embora a Anac atualize diariamente dados sobre a previsão de voos internacionais, os técnicos da Embratur optaram pela consolidação mensal das informações, para minimizar eventuais distorções nos relatórios.

Ao apresentar a nova ferramenta, a gerente da Embratur destacou que, entre janeiro e agosto deste ano, o Brasil recebeu mais de 4 milhões de turistas internacionais, superando, em oito meses, o resultado de todo o ano passado, quando o país recebeu 3,6 milhões de pessoas vindas do exterior.

Para o presidente da Embratur, Marcelo Freixo, a agilidade e a transparência na divulgação de informações do setor tendem a conferir mais eficácia às políticas públicas e segurança ao setor privado. “Pensar e projetar o trabalho de inteligência de dados é muito importante na nossa relação com o setor público e o privado. Qualificando as informações [disponíveis], auxiliamos os secretários de Turismo, as prefeituras, os governos e todo o trade turístico”, disse Freixo, ressaltando que, com os painéis, autoridades municipais e estaduais poderão monitorar, de forma mais qualificada, a movimentação de estrangeiros e qualificar a estrutura receptiva.

O ministro do Turismo, Celso Sabino, também destacou a importância da ferramenta para gestores municipais e estaduais, em um contexto em que, segundo ele, o governo federal busca recompor o orçamento destinado à promoção do turismo doméstico e internacional. “Estamos trabalhando para lançar programas de promoção internacional e fomentar o turismo interno.

Por Agência Brasil

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo