Notícias

Japão retira suspensão de compra de carne de aves do Espírito Santo


O Japão retirou a suspensão à compra de aves vivas e de carne, ovos e derivados de aves do Espírito Santo. A decisão vigorava desde o fim de junho, após a descoberta do primeiro caso de gripe aviária de alta patogenicidade (IAAP, na sigla em inglês) do Brasil em uma ave de criadouro doméstico, no município de Serra, na Região Metropolitana de Vitória.

No fim do mês passado, o país asiático concordou em ajustar o protocolo de suspensão de importações em caso de gripe aviária. Em caso de aves de subsistência – criadas com objetivo de produzir carnes e ovos para consumo exclusivo da família –, a restrição será aplicada apenas aos municípios com focos da doença, não no estado inteiro.

O novo protocolo entrou em vigor após uma missão comercial e empresarial encabeçada pelo ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, ir ao Japão conversar com autoridades sanitárias do país.

O Japão ainda não retomou a importação de carne aviária de Santa Catarina, onde um caso de gripe aviária foi registrado no município de Maracajá em 15 de julho. A decisão afetou as exportações brasileiras, porque o estado é o segundo maior exportador de frango do país, atrás apenas do Paraná.

No caso do Espírito Santo, a ocorrência de gripe aviária não afetou o mercado brasileiro porque o estado não vende para o Japão.

Líder do mercado

Segundo o Ministério da Agricultura e Pecuária, o Brasil continua livre de gripe aviária para aves comerciais. O país é líder nas exportações de frango para o mundo, com 35% do mercado global. Do total de 2,629 milhões de toneladas exportadas pelo país entre janeiro e junho deste ano, o Japão foi o destino de 219,8 mil toneladas.

Por Agência Brasil

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo