Notícias

São Paulo promove ações para prevenir queda de idosos


A prefeitura de São Paulo inicia nesta segunda-feira (26) a Semana de Prevenção de Quedas de idosos. O evento, que ocorre até o dia 30, pretende chamar atenção para a importância da atividade física para essa parcela da população.

A Secretaria de Esportes e Lazer do município destaca que, com o envelhecimento, aumentam os riscos de queda de idosos devido a fatores como a diminuição da força muscular, alterações no equilíbrio e na coordenação motora, bem como a presença de doenças crônicas.  

“Nesse sentido, a atividade física desempenha um papel crucial na prevenção desses acidentes, fortalecendo o corpo, melhorando a mobilidade e a estabilidade, e aumentando a confiança dos idosos em suas habilidades físicas”, destaca a pasta. 

Durante a Semana de Prevenção, ocorrerão diversas atividades, como palestras com especialistas na área da saúde, que tratarão de estratégias de prevenção, exercícios específicos e adaptação do ambiente domiciliar para evitar acidentes.   

O evento é aberto a todas as faixas etárias, com participação gratuita. É necessário, no entanto, fazer inscrição prévia pelo link: https://forms.gle/P8fjbgTMg5fDdtaj8

As atividades ocorrerão no Centro Esportivo São Mateus, no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa da Vila Clementino, no Centro Esportivo Ipiranga, e no Centro Esportivo Santo Amaro. 

Medidas simples 

O Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) alerta que as maioria dos acidentes com idosos e que resultam e quedas ocorre dentro de casa, por causa de pisos escorregadios, tapetes, objetos deixados no chão e a baixa iluminação. Nas ruas, os principais obstáculos para os idosos são calçadas com desníveis, buracos e até mesmo as dificuldades no acesso aos degraus dos transportes públicos.

Medidas simples podem ajudar a evitar as quedas dentro e fora de casa, como a retirada dos tapetes, a instalação de barras de segurança nos banheiros e o uso de calçados antiderrapantes. 

Cinco regiões do corpo humano são as mais afetadas pela queda: o fêmur, a bacia, a coluna lombar, o punho e o ombro. 

Por Agência Brasil

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo